Quando o preenchimento labial é indicado?

Quando o preenchimento labial é indicado?

Ter um rosto mais marcante, com lábios mais carnudos e alinhados são os principais motivos apontados pelas mulheres que procuram por procedimentos estéticos faciais de preenchimento ou aumento labial. Esta técnica está entre os procedimentos estéticos faciais preferidos do público feminino, pois trata-se de um procedimento médico pouco invasivo e temporário, feito com a aplicação de material biocompatível para aumentar o volume na região.

Por ser um procedimento estético não invasivo, o preenchimento labial não é considerado uma cirurgia, e também pode ser realizado com a aplicação de diferentes materiais biocompatíveis, como o ácido hialurônico.

A decisão pelo tipo de preenchimento a ser aplicado deverá ser decidido em conjunto com o médico dermatologista qualificado para a aplicação da técnica. Em geral, um dos materiais mais utilizados atualmente nos procedimentos que buscam o aumento labial é o ácido hialurônico, por ser uma substância que já está presente no corpo humano e seus efeitos serem bastante positivos para aumentar o volume dos lábios, além de estimular a produção de colágeno, deixando a boca mais saliente e com aspecto rejuvenescido. Apesar de ser um dos implantes de preenchimento labial mais utilizados, a aplicação do ácido hialurônico não torna seu efeito definitivo.

Confira a seguir quando o preenchimento labial é indicado para você e a diferença entre preenchimento labial e lifting labial.

Para quem é indicado?

A técnica de preenchimento labial costuma ser indicada para pessoas com microstomia (boca pequena), macrostomia (boca grande) e lábio leporino, quando os lábios apresentam alguma deficiência estética ou funcional em decorrência de acidentes ou problema de nascença. Além disso, as aplicações podem ser feitas para corrigir assimetrias labiais, reduzir as marcas de expressão que ficam ao redor dos lábios ou também para obter o aumento labial desejado pela paciente.

Todavia, cada caso deve ser avaliado pessoalmente pelo médico dermatologista, para que além de alcançar o objetivo de aumento no volume dos lábios, seja possível proporcionar um efeito harmonioso no rosto, especialmente entre a boca e o nariz.

Preenchimento Labial x Lifting Labial

Apesar do lifting labial também ser uma técnica utilizada para melhorar a estética dos lábios, trata-se de um procedimento totalmente diferente do preenchimento labial. Para a realização do lifting labial, os lábios são levantados e, é realizado um encurtamento na distância entre o vermelhão do lábio superior e das fossas nasais. Já  a realização do lifting labial, também podem ser realizados outros procedimentos que melhoram o resultado, como a aplicação de laser para reduzir as rugas mais finas, realizar um peeling químico e até mesmo uma dermoabrasão.

Assim como no preenchimento labial, o lifting também alcança bons resultados para destacar os lábios e a região da boca como um todo, suavizando os traços do rosto, especialmente em relação à aplicação do aumento labial, os resultados proporcionam uma boca mais sensual e volumosa, harmonizada com o nariz e o restante do rosto. Porém, esta e outras expectativas em relação aos resultados do procedimento devem ser alinhadas diretamente com o seu médico dermatologista antes de realização do procedimento, afim de evitar frustrações ou arrependimentos, e não criar expectativas irreais.

Riscos e cicatriz

A técnica de aumento labial feita com o ácido hialurônico é um dos procedimentos estéticos mais seguros para deixar a boca mais volumosa, mas ainda assim pode provocar alguns efeitos colaterais, apesar de serem raros, sendo os principais deles relacionados à inchaço, infecção, dor e presença de caroços ou nódulos.

Segundo dados da FDA (Food and Drug Administration) e da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica, cerca de 1.748 procedimentos de aumento labial registraram problemas no país entre 2014 e 2016. Na época, identificou-se que de todos os procedimentos que ocasionam alguma reação adversa, somente 30% foram na região dos lábios, e destes, 0,2% dos casos referiam-se ao efeito mais comum: inchaço, o que reforça a técnica a ser considerada uma das mais seguras para aumento labial.

Procedimento

O procedimento de preenchimento labial deve ser realizado em ambiente clínico, devidamente preparado, com a aplicação do ácido hialurônico sendo feita por um médico dermatologista, e o uso de cânula ou agulha extremamente fina na aplicação. As aplicações são realizadas até alcançar o objetivo e efeito desejado conforme acordado com seu médico antes da realização do procedimento.

Duração após aplicação

O preenchimento labial tem uma duração média de dois anos. E, uma das vantagens do aumento labial não ser definitivo é a possibilidade do paciente aumentar a aplicação do preenchimento caso não fique satisfeito com o resultado inicial e quiser os lábios ainda maiores, ou caso o preenchimento fique um pouco maior do que o desejado, é possível injetar a enzima hialuronidase, que dissolve o ácido hialurônico, reduzindo o efeito do preenchimento realizado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Agende uma avaliação!